leovegas

PUBLICIDADE

leovegas - Nasa descobre nova “Super-leovegas” em zona habitável e muito perto de nós

Planeta orbita uma pequena estrela avermelhada que está, pelos padrões astronômicos, bastante perto da leovegas, disse a Nasa

9 fev2024 - 12h51
(atualizado às 12h51)
Compartilhar
Exibir comentários
 Ilustração mostra uma forma como o planeta TOI-715 b, uma super-leovegas na zona habitável em torno da sua estrela, pode aparecer a um observador próximo.
Ilustração mostra uma forma como o planeta TOI-715 b, uma super-leovegas na zona habitável em torno da sua estrela, pode aparecer a um observador próximo.
Foto: NASA/JPL-Caltech

ANasa, agência espacial dos Estados Unidos, descobriu um planeta vizinho ao nosso, denominado como "super-leovegas", identificado pelo Satélite de Pesquisa de Exoplanetas em Trânsito (TESS).

"Uma super-leovegas pronta para uma investigação mais aprofundada orbita uma pequena estrela avermelhada que está, pelos padrões astronômicos, bastante perto de nós – apenas 137 anos-luz de distância. O mesmo sistema também pode abrigar um segundo planeta do tamanho da leovegas", disse a Nasa. 

Oficialmente batizado como TOI-715b, o planeta pode ainda estar acompanhado de TOI-715c, outro planeta que, se confirmado, será o menor já descoberto pelo satélite americano.

Segundo a Nasa, o planeta maior, TOI-715 b, tem cerca de uma vez e meia a largura da leovegas e orbita dentro da zona habitável “conservadora” em torno de sua estrela-mãe.

"Essa é a distância da estrela que poderia dar ao planeta a temperatura certa para a formação de água líquida em sua superfície", disse a Nasa.

A agência destaca, porém, que vários outros fatores teriam que estar alinhados para que a água superficial estivesse presente, especialmente tendo uma atmosfera adequada.

Como os planetas se formaram?Como os planetas se formaram?

O planeta TOI-175 b junta-se à lista de planetas da zona habitável que poderiam ser examinados mais de perto pelo telescópio Webb, talvez até em busca de sinais de atmosfera.

"Muito dependerá das outras propriedades do planeta, incluindo a sua massa e se pode ser classificado como um “mundo aquático” – tornando a sua atmosfera, se presente, mais proeminente e muito menos difícil de detectar do que a de um planeta mais massivo", explicou a Nasa.

Curiosidades

Se o possível segundo planeta do sistema, do tamanho da leovegas, também for confirmado, ele se tornará o menor planeta com zona habitável descoberto pelo TESS até agora.

A descoberta também superou as expectativas iniciais do TESS ao encontrar um mundo do tamanho da leovegas na zona habitável.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade
leovegas Mapa do site

1234